Governo Chinês Tem “Exército” Online

Pequim contrata milhares de chineses comuns para disseminar histórias positivas sobre o governo na Internet. 

*

Na China, o governo contrata milhares de cidadãos comuns para postar comentários positivos sobre o governo na Internet. Os posts geralmente são versões positivas de qualquer história que esteja circulando pela Internet naquele dia.

O grupo é conhecido pelo termo “Partido 50 cents.” Na versão chinesa do Twitter, o Sina Weibo, o termo “50 cents” acabou sendo proibido. De acordo com Jason Q. Ng, um pesquisador chinês, cada pessoa contratada recebe 50 centavos por post retratando o governo chinês de forma positiva.

Pequim pode não ter reconhecido esse grupo de agitadores on-line de forma explicita, porém sua existência já foi reconhecida e catalogada por pesquisadores da Universidade de Harvard nos Estados Unidos.

De acordo com uma pesquisa publicada na American Political Science Review, o governo chinês vem contratando entre 250.000 e 300.000 usuários para escreverem posts positivos sobre o governo.

O primeiro escândalo a respeito do suposto grupo “50 cents” aconteceu em 2011 quando uma instrução interna repassada apenas para membros acabou vazando. De acordo com a diretriz oficial, membros contratados pelo governo para disseminar historias positivas sobre o governo chinês deveriam focar em fazer com que os Estados Unidos fossem o “alvo de suas críticas.” A diretriz também recomendava o uso da história “sangrenta e cheia de lágrimas” da nação chinesa para criar o sentimento pró-partido comunista entre os leitores.

Na diretriz oficial, o objetivo teria sido evitar uma invasão democrática vinda do seu vizinho soberano: Taiwan.

A política de censura da Internet na China é reconhecida mundialmente como uma das mais severas. O Projeto Escudo Dourado, ou o “Grande Firewall” da China, como é conhecido no ocidente, é responsável por bloquear sites estrangeiros que ameaçam a mensagem do partido comunista. O governo também faz uso de um programa de vigilância que é efetuado através do seu sistema de censura.

Jornalistas e usuários da internet chineses são frequentemente presos por burlar as leis de censura.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s